O conselho editorial do Washington Post pede a remoção de Trump

Relatórios E Edição

O conselho editorial escreveu: ‘O presidente não está em condições de permanecer no cargo pelos próximos 14 dias’.

The Washington Post. (Foto de Kristen Hare)

Em um editorial impressionante publicado quarta-feira à noite O conselho editorial do Washington Post pediu que Donald Trump fosse destituído do cargo de presidente.

O conselho escreveu: “A recusa do presidente Trump em aceitar sua derrota nas eleições e seu incitamento implacável de seus partidários levou quarta-feira ao impensável: um ataque ao Capitólio dos Estados Unidos por uma multidão violenta que oprimiu a polícia e expulsou o Congresso de suas câmaras enquanto debatia o contagem dos votos eleitorais. A responsabilidade por esse ato de sedição recai diretamente sobre o presidente, que mostrou que sua permanência no cargo representa uma grave ameaça à democracia dos EUA. Ele deve ser removido. ”



o número de telefone do jornal oklahoman

O conselho editorial também criticou o que chamou de 'dois tuítes suaves' de Trump para dizer à multidão para se dispersar pacificamente.

O conselho editorial escreveu: “O presidente não está em condições de permanecer no cargo pelos próximos 14 dias”. Pediu ao vice-presidente Mike Pence que reunisse o gabinete e invocasse a 25ª Emenda e declarasse que Trump é 'incapaz de cumprir os poderes e deveres de seu cargo'. Pence, escreve o conselho, deve ser presidente até que Joe Biden seja empossado em 20 de janeiro.

como sair de usar uma máscara

“Na falta disso”, escreve o conselho, “os republicanos seniores devem conter o presidente”.

O editorial termina dizendo: “Sr. Biden está certo. Regras, normas, leis e até a própria Constituição valem alguma coisa apenas se as pessoas acreditarem nelas. Os americanos colocam o cinto de segurança, seguem as leis de trânsito, pagam impostos e votam por causa da fé em um sistema - e essa fé o faz funcionar. A voz mais alta do país incitou as pessoas a quebrar essa fé, não apenas em tweets, mas incitando-os a agir. O Sr. Trump é uma ameaça e enquanto ele permanecer na Casa Branca, o país estará em perigo. ”