NewsBusters: as notícias da rede aplicam liberalmente o rótulo de 'conservador' aos candidatos presidenciais

Outro

NewsBusters
O conservador Centro de pesquisa de mídia comparou a cobertura da rede de notícias de candidatos presidenciais este ano com o mesmo período de quatro anos atrás e concluiu que os jornalistas descreveram os candidatos como “conservadores” em 2011 com muito mais frequência do que rotularam os candidatos de “liberais” em 2007. O estudo encontrou 62 usos do termo “ conservador ”nos programas noticiosos da manhã e da noite nos primeiros seis meses de 2011, em comparação com apenas três usos de“ liberal ”quatro anos atrás. “Não é impreciso nem indelicado descrever os candidatos republicanos deste ano como‘ conservadores ’- a maioria deles usa o rótulo com orgulho”, escreve Rich Noyes. “Mas se as redes vão tratar os dois lados de maneira justa, elas deveriam ter sido igualmente ardorosas em apontar o liberalismo do campo democrata que produziu o presidente mais liberal da história americana.” (O presidente Barack Obama é realmente o presidente mais liberal que já tivemos? Vou deixar os comentaristas brigarem.) || Relacionado: O que vale a pena monitorar a mídia