Lakeland Ledger vota pela sindicalização

Negócios E Trabalho

Foto de Carla Arenas via Flickr.

Um jornal se juntou à recente onda de redações em sua maioria digitais se sindicalizando nos Estados Unidos na quinta-feira, se autodenominado o primeiro desse tipo a fazê-lo na Flórida.

Chuck Norris faleceu

O Lakeland Ledger, um jornal da Flórida Central de propriedade da GateHouse Media, votou por 22-3 para se sindicalizar e ser representado pelo NewsGuild.



O repórter Gary White, um veterano de 14 anos no Ledger, liderou o movimento de liderança e elogiou o processo de sindicalização com o colega repórter John Chambliss em um comunicado.

A equipe trabalhadora e dedicada da redação deseja que o The Ledger continue sua importante missão de informar os residentes do condado de Polk. Acolhemos um novo papel em colaborar com a empresa para estabelecer o sucesso jornalístico e financeiro.

No comunicado, os funcionários do Ledger disseram que a campanha de sindicalização foi uma resposta às demissões no jornal, que custou 21 empregos desde que a GateHouse assumiu em janeiro de 2015. A equipe do razão também está há mais de oito anos sem aumentos salariais.

A campanha de sindicalização de Ledger vem na esteira de vários esforços semelhantes em redações digitais nos Estados Unidos. No ano passado, Gawker Media, The Huffington Post, Salon, Vice, Al Jazeera America, Guardian US e Law 360 votaram para se tornarem sindicatos.

porcentagem de checagem de fatos de fox news

O New Media Investment Group, proprietário da GateHouse Media, embarcou em uma estratégia de expansão que envolve a compra de jornais e busca de redução de custos em suas várias propriedades.

A propriedade da GateHouse estimulou negociações coletivas em outros jornais, de acordo com a Columbia Journalism Review , que no mês passado descreveu o esforço de sindicalização de Lakeland.

O Ledger não é o primeiro jornal a se sindicalizar após ser comprado pela Gatehouse. Funcionários de duas publicações de Illinois, The State Journal-Register e the Register Star, votaram pela sindicalização depois que seus jornais foram comprados pela empresa. (Enquanto isso, um jornalista veterano em outro jornal Gatehouse na Flórida, quando questionado sobre o clima lá, me disse: “Eu realmente não posso te dizer nada, o que deveria te dizer algo.”)

O Ledger, que tem circulação diária de 45,9 mil exemplares, vai negociar um contrato com a GateHouse nos próximos meses.